Para as Mulheres - Ditadura dos Cabelos e Curiosidades

Chapinha - Como surgiu.


A grande maioria das mulheres, hoje, é dependente do secador de cabelos ou até mesmo da chapinha mas engana-se quem pensa que a "moda" de alisar os cabelos é atual, essa mania existe desde os tempos dos faraós. 

Naquela época os cabelos eram alisados com banha de porco, óleo de peixe e sebo.

Já no século 18, a tática era outra, lavava-se os cabelos com éter e ácido sulfúrico diluído em água.

Apartir do século 19 as técnicas foram evoluindo e as mulheres alisavam o cabelo com toalhas molhadas em água fervente e barras de ferro, que eram aquecidas no carvão.

No século 20 descobriu-se que a temperatura de 100ºC fazia com que o hidrogênio presente nos fios de cabelo evaporasse, e assim conseguiam o aspecto liso.

Apartir disso, várias invenções foram criadas de diferentes formas, Em 1906, surgiu um pente elétrico, criado pelo engenheiro americano Simon E. Monroe. Três anos depois, Isaak K. Shero também engenheiro, teve a idéia do flat iron, um modelo feito com dois bastões aquecidos em fogareiros.

No entanto, a chapinha como conhecemos hoje foi inventada por Lady Jennifer Bell Schofield em 1912, aperfeiçoando as invenções anteriores, criou um instrumento feito de duas placas de ferro com uma dobradiça que também eram aquecidas.

Porém devido a temperatura ser muito alta as mulheres corriam o risco de terem os cabelos chamuscados e até mesmo queimaduras no couro cabeludo. 

As chapinhas elétricas surgiram na década de 80, e essa invenção logo virou febre porém tinham um alto custo fazendo que apenas quem tinha um alto poder aquisitivo as possuíssem, ou fazer uso nos salões que cobravam caro para acrescentar essa técnica.

Atualmente, a conhecida chapinha tornou-se completamente acessível, tendo modelos, preços e qualidades diferentes.




Com a febre dos cabelos "chapados" os cabelos incrivelmente ondulados ou crespos perderam a vez,O estilo grunge, 
ícone do look underground chic que imperou entre os rockers ou mesmo o cabelo levemente despenteado, que ficou 
evidente com o movimento hippie e o Woodstock, deixou de ser febre para ceder lugar ao império da chapinha, 
as técnicas de alisamento foram-se aprimorando e a necessidade pelo cabelo liso já não é mais tão difícil.












Entretanto...

O mercado fashion e da indústria televisiva redescobriram o potencial de beleza por anos abafado da raça negra, e hoje a juba solta e despenteada voltou com tudo. 

O Black power está de volta e com muito mais personalidade. Acredito que seja o momento dos crespos brilharem novamente.

Para as mulheres que buscam o novo, esse é o momento de mudar, transformar, exagerar, e o mais importante,  mantendo a feminilidade e a identidade própria, com cachos, volumes, crespos e tudo o que o poderoso cabelão permitir.











Agora...


Para as moças que não desgrudam da chapinha, o importante mesmo é se sentir bem.

Moda para mim é se sentir bem e não ser escrava de tendências, liso, crespo, curto, longo, o importante é achar uma gata aquela que reflete em frente ao espelho. 








25 comentários:

Rafael Queiroz disse...

me raxei com a imagem SUJSIOUSJS

gedy disse...

legal esse blog gostei da chapinha rsrs
já to te seguindo moça

asnera.com

L.A disse...

ameeeiiiii o post! HAAHAHAHAHHA
eu acho q sou a unica no mundo que nao tem chapinha!! :/

Iara Rodriguez disse...

Muito bom a Mona Crepa e a Mona Lisa kkkkkkkkkkkkkkkkkk
ja to seguindo !
Beijo

Adelvina Pinho disse...

la femme naturel é muito mais bonta! viu só a monalisa black power, fizeram chapinha na pobre e veja no que deu rsrsrsr
Adorei a pesquisa!

Carol disse...

adorei...
pesquisou a fundo hein?
to te seguindo..
:)

carol
http://cnavega.blogspot.com/

Rogerio disse...

para as mulheres uma grande invenção...rsrsrs

Luh disse...

Curioso o título do seu blog, gostei!
E bendita chapinha! rs! Mas a mulher é bela por natureza, em suas mais variadas formas..
=*

Mônica Wesley disse...

Woodstock de volta em 2010, quem sabe volta a moda do levemente despenteado... Meu cabelo é levemente despenteado ao natural... sabe aquele cabelo nem liso nem cacheado, uma coisa porca indefinida.... aí acabo optando pela chapinha pq é mais fácil deixar ele liso do q ativar cachos nele... Enfim...!!! Adorei a Mona... Beijo!

©αмιℓα disse...

show de bola as expressões..rsrsuauahauauhsuasuahusa

©αмιℓα disse...

poxa amei suas palavras.. super sinceras, realmente enche o saco ver uma pessoa se lamentar o tempo inteiro, mas o blog é meu único meio de desabafar... mas agradeço de corãção suas palavras, c/ certeza se vamos papear será somente sobre coisas boas, pois já extravo o bastante no blog. beijos e força na peruca ;*

Raquel Castro disse...

HAHAHAHA!

Gostei muito do post! E L.A, eu tb não tenho uma!! Você não é a única!rs

Tb vou te seguir Arathane! Quando quiser visitar o meu blog, será bem-vinda!

beijão!

Zahir disse...

Meu cabelo é igualzinho a foto

Bob rootS disse...

kkk, aki em casa é uma tal de chapinha e escovinha que tem dia ki dá medo, mulheres mutantess ^^

http://osbotequeiros.blogspot.com/

Felipe "Miro" 'Dreads' disse...

Oooi moça tudo bom... briga pela visita la no meu blog...

Reparei q vc é bem viajada e agora mora em Franca... que legal... parte da minha família é de lah.. mais precisamente de uma cidadezinha fim de mundo chamada Cristais Paulista... heheh acho q vc deve conhecer..


Eu sei que o meu comentário não teve nada a ver com o seu post mas é q eu não sabia oq comentar sobre chapinha... e seu perfil me chamou mais a atenção..



Beejo

Pomba disse...

banha de porco, óleo de peixe e sebo. imagine o fudum que fica o cabelo rsrs
apesar de não usar chapinha [ não por ser machista] é que não levo o menor jeito pra isso mesmo ... rsrsrs
tô seguindo ... valeu pelo coments lá no botequeiros ... também tô achando aquilo lá muito machista tem muito homem rsrs tem que arrumar uma botequeira pra começar a postar tmbm se não corre o risco da gente apanhar ...

Gildson Souza disse...

Ditadura é a palavra certa pra isso. Chegou-se até mesmo ao ponto de dizer que cabelo crespo é cebelo ruim. Pura besteira. Fundamental é ser feliz.
Bjus

www.badu-laques.blogspot.com

(6) capreta disse...

Acho que deixar o cabelo crespo dá mais trabalho que passar chapinha! rs
É muito empenho, muito tratamento, muita hidratação! HAISUDHAIUSHDIASH

Beijos

(6) capreta disse...

Ei Arathane, o teu blog tem um banner? Recomendo fazer um pq na parte de links adiciono todos os blogs que frequento!

Beijos

Evelyne V. Nami disse...

Adorei o post, muito bem pesquisado. Sobre a parceria de links como q vc faz? Eu coloco blogs q eu visito , em "Recomendo" no meu blog.
Vou colocar o seu lá tbm. Dá uma olhada lá depois!
bjo

melimaenomenon disse...

Também gostei muito do seu blog e já estou te seguindo e adicionando o link na minha coluna de "sigo os bons" ;)


ADOREI esse post, não tinha idéia de que a chapinha já existia há tanto tempo! Ainda mais pq minha mãe vez ou outra me contava uma história de uma vez que ela tentou alisar o cabelo no ferro de passar hahaha!

Meu cabelo é naturalmente crespo mas o fato é que eu nasci pra ser ruiva de cabelo liso mas entrei na fila errada hahaha! É como eu me sinto bem, tanto que mantenho tanto o ruivo como o liso a base de escova e chapinha há quase oito anos hehe



Beijo, moça

Felipe "Miro" 'Dreads' disse...

To seguindo e coloquei teu blog numa parceria em links lah....


Beeejo

Evelyne V. Nami disse...

Oi, tenho um selo para vc no meu blog.
Espero que goste!
Bjo

Viík disse...

Nossa, eu dependo dela, meu cabelo é volumoso e crespo, fica uma juba de leão... Adorei a história da chapinha e ri muito com a imagem XD
abraços

Anônimo disse...

gente hellouuuuuuuuuuuuuuuu vamos para com esse negocio de esticar as madeixas deixe a juba solta leoas de plantao bjsrsrs