Romance

- Na hora de sua morte Isolda entra em êxtase. 
- É uma idéia bonita, mas um pouco estranha. Não se pode querer que o amor traga só felicidade, mas daí a gostar de sofrer por amor ...
- O século XII inventou essa história de amor como paixão e depois de Tristão e Isolda, todo mundo começou achar bonito sofrer por amor. 
- Eu acho que sofrer é ruim de todo jeito, mas é melhor viver um grande amor, mesmo que impossível, do que não amar ninguém




Texto extraído do diálogo entre Letícia Sabatela e Wagner Moura, interpretando os personagens Ana e Pedro no longa "Romance")




Do diretor Guel Arraes (O Auto da Compadecida, Lisbela e o Prisioneiro), Romance foi um dos destaques da produção nacional na mostra Internacional de Cinema em São Paulo em 2008 e filme de abertura do "Hollywood Brazilian Film Festival" em 2009. Esse festival exibe nas telas do cinema Egyptian Theater e do Grauman's Chinese, nos Estados Unidos, uma programação de filmes brasileiros de maior destaque

Romance conta a história de dois jovens atores que durante uma montagem teatral para encenar o clássico "Tristão e Isolda" se apaixonam e recriam essa história entre eles, procurando descobrir uma nova forma, menos trágica e mais livre para se relacionar.



O filme mistura elementos como amor, paixão, traição e sofrimento, presentes o tempo inteiro na história que é contada de uma forma leve e apaixonante. Os protagonistas são artistas que possuem visões diferentes sobre o trabalho e a vida, Ao estrelarem a peça em um pequeno teatro em São Paulo, Ana foi convidada para atuar em uma novela no Rio de Janeiro, o que causou ciúmes e insegurança no relacionamento, que abalado um pouco adiante chega ao fim. 



Esse é apenas o início da História.

O filme possui uma leveza que pode parecer incompatível com a tragédia literária que guia o roteiro, salvando de se tornar hermético, a linguagem é clara e a empatia imediata. 
O elenco além de contar com a maravilhosa e doce Letícia Sabatela e Wagner Moura que com louvor está soberbo representando o difícil papel onde Tristão é apenas um dos múltiplos personagens em que o artista ao mesmo tempo se afoga e se salva apresentam-se também José Wilker, Andréa Beltrão, Vladimir Brichta, Marco Nanini com uma pequena participação porém arrebatadora. Todos mostrando o grande talento de nossos atores que não caem na armadilha de atuações caricatas.



Roteiro:
Guel Arraes E Jorge Furtado
Estúdio:
Natasha Filmes / Miravista / Globo Filmes
Distribuição:
Buena Vista International
Fotografia:
Adriano Goldman
Produção:
Paula Lavigne
Edição:
Gustavo Giani
Direção de arte:
Marlise Storchi
Figurino:
Cao Albuquerque
Música:
Caetano Veloso








Quem já assistiu, "vale a pena ver de novo" 
quem não assistiu, eu recomendo!


Emocionante e especial, a música tema: "Nosso Estranho Amor"  foi regravada por Caetano Veloso especialmente para o filme.  Vibrei ao ouvir essa canção dentro dessa história, pois essa música tem um significado importante nas páginas antigas, velhas, amareladas e vivas da "MINHA" história

24 comentários:

joão victor borges disse...

Que foda o diálogo, quero assistir esse filme. Até porque adoro a Letícia Sabatela, e Wagner Moura não fica atrás.

Abraço! ;)

http://anpulheta.blogspot.com

Rogerio disse...

parece ser interessante o filme...

Ítalo Richard disse...

Boa indicação de filme, quero muito ver, ele está na minha lista de filmes a serem vistos ainda esse ano. A produção parece bem caprichada.

abraço!
www.todososouvidos.blogspot.com

Ana Patrícia disse...

Esse filme é excelente *-*

Wellington disse...

Lindo seu blog! Logo a primeira vista já gostei! Estou seguindo de volta! Sou do NeoWellBlog Love que você está seguindo! =)

Abraços!

http://nwbikiyouyou.blogspot.com/

pisovelho.com.br disse...

Já está na minha lista para esse ano... :)

Harah Nahuz disse...

Elenco ,enredo e trilha sonora que por si só já valem a pena...Imagina o conjunto!
Vim retribuir a visita e sigo com certeza ^^
grande beijo,sucesso :)

Sandro Batista disse...

Excelete dia.. e seu blog é muio legal também!

To seguindo!

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Alex Azevedo Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alex Azevedo Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alex Azevedo Dias disse...

Sobre o texto extraído da película "Romance", compreendo que a invenção do amor romântico, ou amor cortês, dos trovadores, criou um amor que só se sustenta na falta do objeto amado. O amor romântico se estrutura, paradoxalmente, na impossibilidade em se alcançar o amor. Os ultra-românticos, na literatura mundial, associaram o sofrimento, e a morte, ao obtenção do inalcançável amor. A beleza estava em morrer de tuberculose, na tragicidade poética, por não conseguir o encontro do amante com o amado. E caso pudesse atingir o amor, os românticos tratavam, inconscientemente, de boicotá-lo, para que o sofrimento da falta do amor, inspire a criação na dor. A melancolia, na categoria do amor romântico, é condição sine qua non da repetição apaixonada da dor.

tallita.kt disse...

Boa dica, vou assistir!

bjo
http://sverbal.blogspot.com/

Pedro Viegas disse...

O post ta incrível.
Gostei bastante da dica de filme.
O template do ótimo ta super legal, gostei :D

Seguindo o blog.

T.S. Frank disse...

Amiga, cê voltou, VOLTOU \o/! Já estava com saudades, muitas saudades das suas maravilhosas postagens! Seja bem-vinda NOVAMENTE a Blogosfera!!!

Pois é, Tristão & Isolda, essa história nunca me chamou a atenção, justamente por esse amor trágico, sofrido... E eu fico me perguntando se é o amor uma coisa boa, então por que diabos as pessoas têm que sofrer por ele? Então, entre amizade e amor, eu prefiro a amizade. Porém, claro, se for para viver um amor, que seja eterno enquanto dure, afinal 'tudo tem prazo de validade...' E aí vamos à estrada novamente, porque a vida flui e as pessoas também. Amor sofrido é coisa de poetas bêbados, tísicos e que não tinham cappuccino e nem cinema para irem numa tarde de domingo... he he he

Sobre o filme, putz, Arathane, eu achei muito, muito legal a indicação. Adoro roteiros leves e principalmente se for para deixar a história de Tristão & Isolda menos dramática.

Beijooos!

T.S. Frank
www.cafequenteesherlock.blogspot.com

Glal disse...

Muuito bonito o seu blog!Estou ti seguindo!

Kallyta Cristina disse...

uauuuuuuuuu to louca para ver esse filme

ohhhh obrigada linda seu blog também é lindíssimo
nem tem como não seguir

Marcélia Macidália disse...

Vi este filme no cinema e é realmente uma produção nacional maravilhosa. Também tive o prazer de ler o livro e ver o filme Tristão e Isolda. Maravilhosos!
parabéns pelo post e pelo blog. Voltarei mais vezes.
Que tal conhecer o "Boatos e Afins"?
Tá rolando um super sorteio cultural.

beijos

Wellington disse...

Fiquei arrepiado! Não assisti o filme mas amei o trailer! Que demais em? E isso é Brasil fazendo filmes. Demais né? Gostei muito da postagem! =)

Grande abraço!

http://neowellblog.blogspot.com/

Evelyne V. Nami disse...

Oi amiga querida!

Amei o seu post sobre esse filme e vou correndo procurá-lo pra assistir!!!
Sou fã do Wagner Moura e amo a peça "Tristão e Isolda"!

Seja muito bem vinda, novamente a blogsfera!!!

Super bjos
http://www.i-likemovies.com/

Leandro Luz disse...

ADORO ESSE FILME!
e sim, preciso seguir o seu conselho e revê-lo!

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

Lindo texto do inicio. Adorei a dica tb!
saudades!!!
Eii, sabia que meu blog está completando 1 ano?? Tá de niver!!
Tô fazendo postagens comemorativas! Passa lá, tá convidada pra festa =D
BeijO*-*

http://www.evesimplesassim.blogspot.com/

Humor FAIL disse...

muito bom seu blog
acesse o meu e ria sem parar PFV?
http://hmfail.blogspot.com/

PS: Estou seguindo seu Blog entao pesso que siga o meu

vlw abrassos e visita meu Blog e COMENTE!

JeEH disse...

E faziia um tempiinho q eu não apareciia por aqui, neh?
Lindas palavras, moça. A tua descrição me encheu os olhos.
Essa produção pelo visto promete.

Teu blog continua lindo.
Bjoks

Jordania disse...

Nossa vou acatar tua sugestão de filme(romance)
um porque amo filmes,
Dois porque amo os atores, Wagner moura é tudo de bom e Leticia sabatela é uma perfeita atriz... abraços, desculpa o sumiço correria da vida....